Sobre

frente2

A ACRIST – Ação Cristã Espírita Jesus de Nazaré – foi fundada em 19 de novembro de 2005. Localizada na Rua Itamogi, 13 e14, Sepetiba (zona oeste do Rio de Janeiro) é uma associação de caráter religioso, filantrópico e cultural, sem quaisquer fins lucrativos, com prazo de duração indeterminado e tem como objetivo promover:

O estudo, a prática e a divulgação da Doutrina Espírita como religião, filosofia e ciência, nos moldes da codificação de Allan Kardec.

II. A evangelização, conforme preceitua o Evangelho Segundo o Espiritismo.
III. A atuação na prática da caridade como dever social e princípio da moral cristã e com o exercício pleno da solidariedade e respeito ao próximo.
IV. Incentivar a pesquisa dos fenômenos espirituais e, em especial, do magnetismo espiritual.
V. Incentivar a formação profissional e o reforço escolar.

Toda assistência prestada pela ACRIST é gratuita, não se recebendo, portanto, qualquer pagamento pela prestação de todo ou qualquer serviço assistencial.

O funcionamento da ACRIST é mantido com a contribuição mensal dos associados, com donativos de qualquer espécie e com a renda de bazar, cantina e eventos.

 

Breve História de uma Casa Espírita

Um sorriso nos lábios e os braços abertos para um abraço apertado. Estas são as principais características dos trabalhadores da ACRIST – Ação Cristã Espírita Jesus de Nazaré, logo notadas por todos que chegam à Instituição em busca de auxílio espiritual e material e, muitas vezes, apenas de um “aconchego”. Quantas vezes já ouvimos essas palavras dos nossos frequentadores: “quando cheguei aqui, me senti amparada” ou “a gente chega aqui e, quando olha para vocês, se sente abraçada” ou “quando a gente entra aqui é como se todos os problemas deixassem de existir”.

Esses são realmente os objetivos da Casa prontamente compreendidos por todos os médiuns e voluntários. “Amar ao próximo como a ti mesmo” é a frase repetida, inúmeras vezes, pelos dirigentes espirituais da ACRIST e que, cada um dos trabalhadores tenta colocar em prática em todos os dias da existência. As pedrinhas do caminho são inúmeras e somente a amizade, o companheirismo e o amor vão nos fortalecendo. De degrau em degrau, tentamos subir a imensa escadaria que nos levará à paz interior junto ao Pai Celestial.

Quando olhamos para o lado e vemos tantas casas espíritas completando setenta, cinquenta, trinta anos de funcionamento, é que percebemos o quanto ainda temos por fazer. Nunca estivemos sozinhos e disso temos absoluta certeza. Aqui estão sempre a nos guiar, nos aconselhar e até nos repreender, nos momentos necessários (e eles são inúmeros…), os nossos amigos espirituais: Frei Rogério, Dr. Herman, Swammi Saravananda, Dr. João Pedro, Dr. Laureano e tantos outros. Vamos em frente. Não vamos desistir. Cada um vai escorando o outro e, assim, ninguém cai.

Quando a ACRIST foi fundada, nossa pequena casa, numa rua tranquila, em Sepetiba (zona oeste do Rio de Janeiro), tinha alguns poucos trabalhadores e uma assistência reduzida. Nas manhãs de sábado – nosso único dia de funcionamento – fazíamos a prece inicial e, imediatamente, começávamos o atendimento aos pacientes que ali estavam (doentes da matéria e do espírito). Uma boa conversa, um bate-papo fraterno, um abraço e a vontade imensa de poder ajudar.

Em poucos meses, vimos o número de assistentes ir crescendo e novos trabalhadores chegando. As horas iam correndo e o trabalho se estendendo até o meio da tarde. Ao mesmo tempo, as colaborações também cresciam. Já tínhamos recepcionistas, ajudantes no salão, etc… De repente, se tornaram indispensáveis as obras de expansão, uma boa pintura nas paredes, compra de ventiladores, mais cadeiras, cortinas, etc.

Paralelamente a esse trabalho, sentimos a necessidade de implantar o serviço de assistência social. Afinal, estávamos localizados numa área com famílias em imensas dificuldades financeiras e sociais. Iniciamos a distribuição de cestas básicas e roupas para os mais necessitados, fazendo visitas a esses lares e conversando com cada um sobre seus problemas físicos e emocionais. Atualmente, devido ao número crescente de assistidos, esse atendimento é feito na própria Instituição, também com entrega de enxoval para bebês. Sempre é servido lanche ou almoço para todos e também são ministradas palestras educativas e realizadas festas de confraternização, nos dias das mães, crianças e Natal.

As palestras doutrinárias, antes do atendimento fraterno, também se tornaram imprescindíveis. Os próprios médiuns começaram a se revezar nas explanações e sentiram a necessidade de se abordar problemas frequentes vividos pelos pacientes: miséria, fome, perda de entes queridos, morte prematura de crianças, alcoolismo, drogas, separações, violência doméstica, doenças incuráveis e tantos outros. De repente, precisávamos de ajuda e fomos atrás de outros palestrantes. E eles nos atenderam. Nosso pequeno salão ficou e continua repleto de assistentes em busca de explicações para tantos males.

Os passes, limpeza e harmonização de chacras, desbloqueio de meridianos, trabalhos de energização, os desdobramentos do corpo emocional, a cromoterapia, apometria, os tratamentos à distância, as terapias individuais, terapia de vidas passadas, as confidências de almas sofridas e, em especial, a ajuda dos elementais da água, do fogo e do ar e dos amigos da Espiritualidade Maior fizeram com que, até hoje, a ACRIST fique lotada nos dias de sábados.

Mas, tantos problemas e tantos doentes do corpo e da alma fizeram com que fosse necessária a realização de mais um trabalho: a desobsessão – simples e complexa. Nesses dias, estamos aprendendo também a nos familiarizar com os casos de magia negra e anti-goécia, como também com o exercício disciplinado da meditação, indispensável para o tratamento da alma e auxiliar no tratamento das enfermidades do corpo físico.

Paralelamente a todo esse atendimento, se tornou indispensável o estudo sistematizado da doutrina espírita, através do Evangelho Segundo o Espiritismo, Livro dos Espíritos e Livro dos Médiuns. Assim, às segundas e quartas-feiras dedicamos nosso tempo a entender os ensinamentos deixados por Jesus Cristo, Allan Kardec e tantos outros espíritos de luz, que tanto nos elucidam sobre a Sabedoria Divina contida no Velho e Novo Testamentos.

Aproveitamos, ainda, às quartas-feiras, para fazer um treinamento de psicografia, vidência e outros tipos de mediunidade. Todos necessários para o bom desenvolvimento do trabalho que pretendemos realizar na Casa Espírita.

OS TRABALHOS NUNCA VÃO ACABAR…

Atendendo a um pedido do guia espiritual da Casa – Frei Rogério – houve a necessidade de nos reunimos, em mais dias da semana, para estudo, análise e debate de temas livres. Problemas atuais que afligem a um grande número de pessoas, como: depressão, suicídio, violência, drogas, alcoolismo, reforma íntima, auto-perdão, etc. passaram a fazer parte das “sessões de terapia” realizadas entre médiuns e frequentadores da Instituição.

Em 2016, começamos o trabalho de Reforço Escolar para as crianças e jovens das famílias assistidas pela Instituição. Durante a semana, elas recebem aulas de Português, Matemática, História, Ciências e Inglês. E algumas também participam das atividades da Brinquedoteca. Ainda temos como um de nossos objetivos realizar cursos profissionalizantes para a comunidade. As dificuldades ainda são grandes, mas temos a certeza de que vamos alcançar o que almejamos.

Em 2017, iniciamos o trabalho de Evangelização Infanto-Juvenil na Instituição. Crianças e adolescentes da região, com idades de 3 a 14 anos, participam dessa atividade religiosa, educativa e social.

Hoje também temos uma cantina, um bazar e livraria – responsáveis pela manutenção da Instituição, além de uma biblioteca.

O espaço físico da ACRIST já está, de novo, muito pequeno. Precisamos nos expandir, mas temos uma certeza: continuamos com o sorriso nos lábios e os braços abertos para quem nos procura.

A sua participação fraterna muito nos enriquece em nosso esforço continuado na busca dos outros ensinamentos, como primeiro passo na conquista da Sabedoria Divina.

GRAÇAS A DEUS !!!